30 de novembro de 2008

Prá quem tem filhotes....



Por que os filhotes brincam de morder?

Se você tem um filhote em casa no momento, sabe bem do que estamos falando. Eles são fofinhos e cheios de energia... não só pra brincar, mas também pra morder!

Neste artigo você vai entender porque ele faz isso e como lidar com este comportamento tão comum entre os cachorros mais novos.

Foi sem querer querendo...

É quase impossível achar um dono de filhote que ainda não tenha sido vítima dos dentinhos afiados do mais novo morador da casa. No entanto, dificilmente os filhotes mordem com o objetivo de machucar. O que eles querem, na verdade, é interagir!

Não tem outro jeito???

Antes de tentar resolver a situação dando um monte de broncas no cachorro, é importante sacar porque ele age de determinada maneira. E isso vale pra qualquer problema de comportamento.

Além de interagir, o filhote sente a necessidade de mastigar e aliviar a ansiedade e o desconforto na gengiva causado pela troca dos dentes. E o único jeito que ele conhece de fazer tudo isso é usando a boca.

Portanto, não vai adiantar de nada repreender o filhotinho se não houver alternativas para substituir ou redirecionar esses comportamentos.

Como?

Dê ao cachorro brinquedos de vários tamanhos e texturas, gostos e cheiros diferentes. Procure colocá-los em todos os lugares da casa por onde o cão circula, pois a ansiedade e a coceira na gengiva podem surgir a qualquer hora!

Mesmo assim, o filhote vai continuar achando sua mão bem mais divertida. Afinal, raramente os cãezinhos não conseguem atenção quando estão mordiscando nossas mãos. Por isso, mostre ao filhote que morder os brinquedos dele também é uma ótima maneira de ganhar sua atenção. Para isso, sempre que o cachorro estiver mordendo um brinquedo, chame-o pelo nome, faça carinho e brinque com ele. Se ele soltá-lo, pare também e só volte a brincar quando ele morder o objeto de novo.

Ainda prefiro você

Pode acreditar: mesmo com tudo isso, o filhote ainda vai curtir mais a sua mão do que qualquer outra coisa. Mas alguns truques podem ajudar a tornar os brinquedos ainda mais interessantes para o cão.

Associar os pertences do cachorro a você é uma eficiente saída. Os brinquedos devem te representar. Faça isso brincando com os objetos e deixando seu cheiro neles. Mas não precisa enfiar a bolinha do cachorro dentro do seu sapato ou andar com o ossinho dele debaixo do seu braço por vários dias!!! O olfato dos cães é muito melhor que o nosso e, por isso, basta interagir com os objetos do filhote para que ele reconheça o seu cheiro.

Outra boa dica é colocar os brinquedos no congelador antes de dar ao cachorrinho. O gelado alivia a coceira e o desconforto na gengiva, e ele vai adorar a sensação!